Você está aqui: Página Inicial > Eventos > I Colóquio de Toxicologia no Acre
conteúdo

Notícias

I Colóquio de Toxicologia no Acre

publicado: 02/05/2019 11h40, última modificação: 02/05/2019 11h40
Estão abertas as inscrições para participação no I COLÓQUIO DE TOXICOLOGIA NO ACRE.
 
Este evento está sendo promovido pelo Núcleo de Toxicologia Clínica e Analítica- NUTOX (Grupo de Pesquisa da UFAC) em parceria com o Centro Estadual de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST) nos dias 14 e 15 de junho de 2019, nas dependências da Universidade Federal do Acre, cujo objetivo é “Fazer uma análise da situação atual e perspectivas multidisciplinares do campo de Toxicologia e sua influência na saúde no Estado do Acre”
 
Este é o primeiro evento promovido em nosso estado que permitirá a exposição de pesquisas na área da Toxicologia desenvolvidas por diferentes instituições de ensino e instituição de saúde local, além de discussões acerca das condutas na assistência à vítima de intoxicação e acidentes com animais peçonhentos, bem como a notificação desses agravos no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), plataforma do Ministério da Saúde (MS). 
 
Será fomentada também, a implantação do Centro de Informação e Assistência Toxicológica no Acre, idealizada pelo Núcleo de Toxicologia Clínica e Analítica- NUTOX, coordenado pelo Prof. Dayan de Araujo Marques, tomando por referência a PORTARIA Nº 1.678, DE 2 DE OUTUBRO DE 2015, MS, cuja finalidade será o desenvolvimento de ações e práticas a nível individual e coletivo, relacionadas às exposições às substâncias químicas, toxinas de animais peçonhentos e plantas tóxicas, envolvendo a promoção e a vigilância da saúde e a prevenção, diagnóstico e tratamento das intoxicações agudas e crônicas.
 
Foram convidados para palestrar no evento representantes de órgãos públicos com interesse no tema: Secretaria Estadual de Saúde do Estado do Acre, Ministério Público Federal e Estadual, Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, e ainda membros da Associação dos trabalhadores rurais, dentre outros.
 
O público alvo são a população em geral, profissionais e acadêmicos da área da Saúde (Enfermagem, Farmácia, Medicina, Medicina Veterinária, Saúde Coletiva, Nutrição) e áreas afins como Biologia, Psicologia, Engenharia Florestal, etc.
Serão oferecidas 100 inscrições pelo site descrito abaixo: