Você está aqui: Página Inicial > Notícias da UFAC > 2017 > Alunos de Artes Cênicas montam peça ‘O Baile’

padrao

Alunos de Artes Cênicas montam peça ‘O Baile’

por publicado: 12/04/2017 19h33 última modificação: 12/04/2017 19h33

Estudantes do curso de Artes Cênicas da Universidade Federal do Acre (Ufac) montaram um espetáculo teatral inspirado no filme francês “O Baile”. A peça, que carrega o mesmo título do filme, foi apresentada na noite dessa terça-feira, 11, a bolsistas pró-inclusão e pró-estudo da Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Proaes). O trabalho é resultado da disciplina Jogos Teatrais, ministrada no 1º período da graduação. 

A montagem leva ao palco 17 alunos sob orientação dos professores Leonel Carneiro e Michael Cortes. Fruto de uma disciplina com carga horária equivalente a 60 horas, o espetáculo acabou indo muito além. “Nós temos mais de 200 horas de ensaio e, se contabilizarmos também as apresentações, certamente ultrapassamos as 300 horas”, calcula Carneiro. “Houve um empenho coletivo de todos os envolvidos e é esse contato com o público que nos recompensa todo o esforço.”

Sem diálogo algum, o enredo mostra interações e transformações socioculturais ambientadas em um único ambiente: o salão de um baile. Após a montagem preparada para o final da disciplina, o espetáculo voltou a ser apresentado para bolsistas Pibic e Proaes e também no Serviço Social do Comércio (Sesc).

Processo criativo

“A peça foi resultado do nosso primeiro processo de criação no curso. O começo foi bem difícil, não dá para negar, porque o universo do teatro exige muito de todos” comenta a estudante Maria Jaqueline. “Quando vimos que estava ficando grande e bonito, nos reanimamos e as coisas foram ficando cada vez mais gratificantes, primeiro com a apresentação como conclusão da disciplina e, depois, com os convites para fazer mais.”

De acordo com Michael Cortes, a proposta de montagem de uma peça como resultado final da disciplina estimula a formação do futuro professor-artista. “Com esse trabalho, os estudantes puderam trabalhar a improvisação, o jogo de cena, a coletividade, elementos que juntos dão essa presença e esse resultado”, avalia.  “Creio que esse é o início de uma nova mudança para o curso de licenciatura em Teatro. A ideia é que possamos cada vez mais desenvolver trabalhos coletivos, uma vez que o teatro em si é uma arte coletiva.”

“O Baile” é um dos concorrentes da edição deste ano do Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau (Fitub). Segundo os professores, o objetivo é continuar apresentando o espetáculo em diferentes lugares, para alcançar maior número de pessoas. “Estamos cumprindo uma das finalidades da universidade: proporcionar uma formação de qualidade e retribuir para a sociedade civil”, concluiu Cortes.

Confira a galeria de imagens:

O Baile