Você está aqui: Página Inicial > Notícias da UFAC > 2017 > Projeto de Artes Cênicas apresenta peça de Plínio Marcos

padrao

Projeto de Artes Cênicas apresenta peça de Plínio Marcos

Laboratório de teatro levará ‘Oração para um Pé-de-Chinelo’ e oficinas a municípios acreanos e Cobija
por publicado: 11/01/2017 18h32 última modificação: 11/01/2017 18h32

Um projeto de extensão da Universidade Federal do Acre (Ufac) vai percorrer as cidades de Epitaciolândia, Assis Brasil e Santa Rosa do Purus, no Acre, além de Cobija, na Bolívia.

Com o título Laboratórios Experimentais de Artes Cênicas, o projeto inclui a apresentação do espetáculo “Oração para um Pé-de-Chinelo” e oficinas de teatro. A coordenação é do diretor teatral e professor Flávio Lofêgo, do curso de Artes Cênicas.

De autoria do dramaturgo brasileiro Plínio Marcos, “Oração para um Pé-de-Chinelo” conta a história do delator adoentado Rato, da prostituta Dilma e de Bereco, um marginal jurado de morte que, para sobreviver, após o último latrocínio, precisa estabelecer comunicação com a polícia através dos vínculos de delação mantidos por Rato.

Em uma trama que explora a busca desesperada pela sobrevivência, o jogo da desconfiança e a manipulação em torno do tema da traição no meio marginal, o espetáculo fisga o expectador ao expor todos às contradições do terror que vivem as personagens, assombradas pela ameaça de uma violência a que não podem resistir e de que apenas esperam conseguir esconder-se.

“Apresentar Plínio Marcos neste momento de violência exacerbada e crise de valores é muito importante. Na peça, nós temos três personagens que se encontram na base da pirâmide social, completamente esmagadas”, destaca Lofêgo. “É tudo muito atual, mesmo tendo sido escrito em 1969. Em um momento como este, a arte é fundamental. Nós realmente acreditamos que ela funciona como um antídoto social possível.”

A primeira apresentação da etapa um de circulação (ao todo serão sete etapas) está marcada para o próximo sábado, 14, na escola estadual Belo Porvir, em Epitaciolândia. No domingo, 15, no Núcleo da Ufac em Assis Brasil, e na segunda-feira, 16, na Casa de La Interculturalidad, em Cobija. Em Santa Rosa do Purus, o grupo se apresenta em fevereiro.

O espetáculo é uma reprodução do texto de Plínio Marcos feita pelos participantes do projeto de extensão, em parceria com a instituição sem fins lucrativos Cia. Cata-Ventos de Cultura, a Fundação Estadual de Cultura Elias Mansour e o Ministério da Cultura.

Entre os dias 1 e 4 de fevereiro, o espetáculo será apresentado no palco principal da oitava edição do Festival Internacional de Teatro e Performance de Chancay, no Peru. Para participar, o grupo concorreu, em novembro passado, com mais de uma centena de outros espetáculos. O resultado foi divulgado há dez dias.

“Ficamos extremamente felizes com a notícia. Participar de um festival internacional como esse gera um intercâmbio muito importante para o desenvolvimento da nossa extensão”, diz o professor.