Você está aqui: Página Inicial > Notícias da UFAC > 2018 > Capes aprova 2 programas de mestrado para a Ufac
conteúdo

Notícias

Capes aprova 2 programas de mestrado para a Ufac

publicado: 05/10/2018 16h09, última modificação: 05/10/2018 16h09

Os campi da Universidade Federal do Acre (Ufac), em Rio Branco e Cruzeiro do Sul, acabam de ganhar dois novos programas de mestrados acadêmicos. A aprovação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) foi divulgada na manhã desta sexta-feira, 5.

Em Cruzeiro do Sul, a proposta aprovada terá como área de concentração Ensino de Humanidades e Linguagens, com duas linhas de pesquisa: Ensino, Humanidades, Processos Educativos e Culturas; Ensino, Linguagens e Culturas. Esse será o segundo curso de pós-graduação na modalidade stricto sensu oferecido pela Ufac na região do Juruá.  

Para a capital, o novo curso de mestrado será voltado à área da Ciência da Computação, com linhas de pesquisa distribuídas em: Engenharia de Sistemas de Informação, Inteligência computacional e Sistemas de Computação.

“Temos uma permanente disposição em alavancar pesquisa e pós-graduação no Estado. No campus-sede, essa política vem se consolidando ao longo dos últimos anos e agora chega ao interior, contemplando a região do Juruá”, disse a reitora Guida Aquino. “Nossa proposta é promover a formação e a permanência de mestres e doutores na nossa região.”

Campus Floresta 

Em setembro, a Ufac já havia aprovado o primeiro programa de pós-graduação stricto sensu da instituição na região do Juruá: Ciências Ambientais, vinculado ao Centro Multidisciplinar. O novo projeto contempla, agora, o Centro de Educação e Letras (CEL).

“O campus Floresta é a única universidade pública na região do Juruá. A chegada dos dois primeiros cursos de mestrado, que contemplam áreas estratégicas para formação de profissionais, representa um grande avanço para a educação na região, que não possuía nenhum mestrado aprovado”, destaca a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Margarida Carvalho.

Para o novo curso, serão ofertadas 28 vagas, com seleção prevista para o primeiro semestre de 2019.  O corpo docente será composto por 16 professores, sendo 13 permanentes e três colaboradores do CEL, todos doutores com experiência acumulada em pesquisa e pós-graduação.

Campus de Rio Branco

O número de vagas ofertadas para o curso de mestrado em Ciência da Computação ainda será definido pelos organizadores do projeto. O corpo docente será formado por 13 professores permanentes do quadro da Ufac, com formação em Ciência da Computação, Engenharia Elétrica e Estatística. O currículo vai incluir disciplinas do núcleo de fundamentos de ciência da computação, engenharia de software e seminários de pesquisa. 

“A aprovação do mestrado em Ciência da Computação deve-se, em grande parte, à parceria estabelecida com a Universidade Federal Fluminense, que qualificou a maioria do corpo docente a ponto de, na primeira proposta submetida, estarmos comemorando a aprovação”, contou o vice-reitor Josimar Batista. “Cabe ressaltar, ainda, que essa é uma área transdisciplinar, na qual poderão ser capacitados tanto alunos egressos quanto servidores, principalmente técnico-administrativos.”