Você está aqui: Página Inicial > Notícias da UFAC > 2018 > Mestrado em Saúde Coletiva comemora 10 anos
conteúdo

Notícias

Mestrado em Saúde Coletiva comemora 10 anos

publicado: 03/12/2018 20h10, última modificação: 03/12/2018 20h10

A Universidade Federal do Acre (Ufac) realizou abertura do 1º Simpósio de Saúde Coletiva, na manhã desta segunda-feira, 3, no auditório do Bloco dos Mestrados, no campus-sede. Com o tema “A trajetória dos 10 Anos de Implantação do Curso de Mestrado em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Acre”, o evento comemora a marca de dez anos da criação do curso, que teve a primeira turma em abril de 2008 e hoje conta com um doutorado.

O simpósio ocorre até terça-feira, 4, e conta, em sua programação, com palestras, conferências, mesas-redondas, exposição de pôsteres e debates. A reitora Guida Aquino ressaltou que o mestrado em Saúde Coletiva foi o primeiro da região Amazônica. “A trajetória de dez anos do curso é de uma história belíssima, de luta de todos esses docentes que são guerreiros.” 

I Simpósio em Saúde Coletiva

Segundo coordenador da área de Saúde Coletiva da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Bernado Lessa Horta, o programa é um exemplo de como, por meio de parcerias, é possível estimular o desenvolvimento da pós-graduação no Brasil. “É um prazer estar de volta a Rio Branco e acompanhar o crescimento desse programa, que sempre acompanhamos a distância, por meio das comissões de avaliação”, afirmou. 

Após a abertura do evento, ocorreu a conferência “Desafios e Percursos Históricos da Saúde Coletiva”, coordenada pela professora Suleima Pedroza Vasconcelos e ministrada pelas professoras Rita Barradas Barata e Rosalina Jorge Koifman. 

Também participaram da mesa de honra a pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação, Margarida Lima; o diretor do Centro de Ciências da Saúde e do Desporto, Wagner de Jesus Pinto; a docente da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca/Fiocruz, Rosalina Jorge Koifman; e a coordenadora do programa de pós-graduação em Saúde Coletiva da Ufac, Simone Perufo Opitz.