Você está aqui: Página Inicial > Notícias da UFAC > 2018 > Professora de Nutrição simula visita a paciente em aula
conteúdo

Notícias

Professora de Nutrição simula visita a paciente em aula

publicado: 05/10/2018 16h53, última modificação: 05/10/2018 17h32

A professora da Universidade Federal do Acre (Ufac), Danila Torres, decidiu usar uma metodologia ativa durante uma aula da disciplina Dietoterapia 2, ministrada para alunos do 7º período do curso de Nutrição.

Na quarta-feira, 3, ela transformou uma sala de aula na casa de um paciente para tratar da temática “Hipertensão Arterial Sistêmica”, também conhecida como pressão alta, condição que atinge uma parcela relevante da população brasileira. O cenário da casa foi montado com detalhes baseados nos hábitos do paciente.

Esse método de ensino foi escolhido por contemplar todo o contexto da doença. Na aula foi trabalhada a importância da prevenção da doença, avaliação médica e nutricional para o controle da pressão por meio da orientação nutricional.

Durante a aula, o paciente foi avaliado clínica e nutricionalmente e recebeu orientações médicas e nutricionais, tudo isso diante dos alunos. “A aula foi centrada nessa visita domiciliar”, disse Danila Torres. “Convidamos um paciente hipertenso, tabagista, etilista e com maus hábitos alimentares. Toda a abordagem, tanto da medicina quanto da nutrição, ocorreu de forma real.”

Além da simulação, os alunos tiveram uma aula teórica sobre hipertensão e devem desenvolver o caso clínico em sala de aula. Eles precisam elaborar um plano alimentar para o paciente em questão. O melhor plano será selecionado e assinado pela professora para ser entregue ao paciente.

Sobre a escolha desse método alternativo, Danila explica que, por ser ministrada no período noturno, a disciplina tinha baixo rendimento dos alunos, que demonstravam cansaço nas aulas. “Isso sempre me incomodou. Minha intenção foi de envolvê-los mais, por meio de um formato diferente de aula”, contou. “Tentei mostrar um pouco da realidade e fazer com que eles não esqueçam dessa aula, posto que se trata de uma doença comum e altamente relevante no que tange ao papel do nutricionista no controle dela.” 

A aula contou com a participação do aluno do curso de Medicina, Alberto Pereira; da professora de estágio em Saúde Pública do curso de Nutrição, Fernanda Andrade Martins; e da estagiária do curso de Nutrição, Eluana Freitas.