Você está aqui: Página Inicial > Notícias da UFAC > 2018 > Ufac começa seminário sobre cultura indígena
conteúdo

Notícias

Ufac começa seminário sobre cultura indígena

publicado: 11/10/2018 16h45, última modificação: 11/10/2018 16h45

A Universidade Federal do Acre (Ufac), por meio do programa de pós-graduação em Letras: Linguagem e Identidade (PPGLI), realizou na tarde desta quinta-feira, 11, abertura do 2º Seminário de Linguagens e Culturas Indígenas, no bloco dos Mestrados, no campus-sede. 

Segundo a integrante da comissão organizadora do evento, Raquel Ishii, o seminário visa reunir trabalhos de pesquisa de alunos e professores do mestrado em Letras; pesquisadores indígenas e não indígenas. “Atuando juntos em ações da pós-graduação, mas também de ensino, pesquisa e extensão; tentando fazer essa ponte com a temática indígena, especialmente em relação às línguas indígenas da região do Acre”, disse.

Essa edição do seminário marca a instalação do Laboratório de Interculturalidade, vinculado ao PPGLI. “A ideia do laboratório é reunir esses pesquisadores para produção e difusão de trabalhos, fomentar a pós-graduação em Letras e articular, por meio de iniciação científica, atividades de extensão, pensar a escola indígena e esse processo de educação intercultural”, comentou Raquel. 

O coletivo Mahku, Movimento dos Artistas Huni Kuin, trabalha desde terça-feira, 9, na finalização da pintura do auditório do bloco dos Mestrados, iniciada em 2016, durante o 1º Seminário de Linguagens e Culturas Indígenas.

O evento também ocorre na próxima segunda-feira, 15. É realizado com apoio do Conselho de Missão entre Povos Indígenas (Comin) e do Grupo de Pesquisa História e Cultura, Linguagem, Identidade e Memória. 

A conferência de abertura contou com a participação da coordenadora do Comin Acre Sul, Ana Patrícia Ferreira; da professora da Universidade Federal de Minas Gerais, Maria Inês de Almeida; do professor Gerson Albuquerque e do representante do Mahku, Ibã Huni Kuin.

II Seminário de Linguagens e Culturas Indígenas