Você está aqui: Página Inicial > Notícias da UFAC > 2018 > Ufac sedia evento sobre acervo científico da flora acreana
conteúdo

Notícias

Ufac sedia evento sobre acervo científico da flora acreana

publicado: 07/11/2018 15h12, última modificação: 07/11/2018 15h12

A Universidade Federal do Acre (Ufac) sedia até a próxima sexta-feira, 09, o 1º Seminário de Acervo Científico da Flora do Acre. O evento, aberto na manhã desta quarta-feira, 07, é organizado pelo Herbário do Parque Zoobotânico (PZ).

O evento tem como objetivo promover o debate sobre a importância da preservação e valoração patrimonial do acervo da flora do Acre, buscando uma reflexão sobre a necessidade de encontrar meios de aproximações educativas.

“A lei da biodiversidade, base de toda programação, é extremamente importante, sobretudo quando pensamos no local de onde falamos. Todo pesquisador precisa conhecê-la para que possamos, enquanto instituição e estudiosos, não ser penalizados. Toda a organização do evento está de parabéns”, disse o reitor em exercício, Josimar Batista. A lei da biodiversidade dispõe sobre o acesso ao patrimônio genético, a proteção e o acesso ao conhecimento tradicional associado, e sobre a repartição de benefícios para conservação e uso sustentável da biodiversidade.

I Seminário de Acervo Científico PZ

Em novembro do ano passado, o Ministério do Meio Ambiente disponibilizou o Sistema Nacional de Gestão do Patrimônio Genético e do Conhecimento Tradicional Associado (SisGen). Segundo a professora Almecina Balbino, coordenadora do evento, pela nova legislação, para divulgar trabalhos ou requerer patentes que tenham como objeto o Acesso ao Patrimônio Genético (PG) ou ao Conhecimento Tradicional Associado (CTA), por exemplo, é obrigatório a qualquer pesquisador o cadastro prévio da pesquisa no SisGen. O pesquisador responsável por qualquer comunicação de pesquisa que não obedeça ao devido procedimento dica sujeito à multa. 

Além dos impactos da lei da biodiversidade nas pesquisas e atividades das coleções biológicas também serão temas debatidos no evento: a importância das coleções botânicas do herbário, o cenário atual das coleções acreanas e suas perspectivas, a classificação das florestas acreanas, a taxonomia para coleções botânicas, a visão e importância do herbário no contexto global, a importância do herbário na área farmacêutica e o nível de conhecimento da flora amazônica.