Você está aqui: Página Inicial > Notícias da UFAC > 2019 > Reitora trata de cortes no orçamento da Ufac em reunião
conteúdo

Notícias

Reitora trata de cortes no orçamento da Ufac em reunião

publicado: 10/06/2019 17h27, última modificação: 10/06/2019 17h27

A reitora da Ufac, Guida Aquino, o vice-reitor Josimar Batista e o pró-reitor de Planejamento, Alexandre Hid, participaram de uma reunião com o vice-governador do Estado, Major Rocha, nesta segunda-feira, 10, na Casa Civil. A agenda, que incluiu o Instituto Federal do Acre (Ifac), faz parte da luta pelo ensino superior gratuito no Acre.  

Desde o anúncio de bloqueio nos investimentos para o segundo semestre nas universidades federais pelo Ministério da Educação (MEC), a Ufac vê seu funcionamento ameaçado. Com um bloqueio de R$ 13,1 milhões, do total de R$ 43,6 milhões previstos para todo o ano, a administração teme não conseguir honrar contratos básicos, como luz, água, limpeza, manutenção predial, estagiários e algumas bolsas, a partir de 31 de julho. 

“Isso porque embora o corte anunciado seja de 30% do orçamento total, na prática atinge majoritariamente as ações discricionárias, que são aquelas que mantêm o funcionamento da instituição”, disse Guida. “Dos R$ 27 milhões previstos para esse segmento, R$ 11 milhões encontram-se bloqueados.”  

Sem verbas, além da suspensão das aulas, ficam prejudicados contratos com empresas terceirizadas, o que vai impactar diretamente 350 postos de trabalho, o funcionamento do Restaurante Universitário e as ações de ensino nos municípios.

“Se não houver um recuo nesse aceno do governo, não vamos conseguir funcionar. Trata-se de uma medida extremamente cruel, por isso buscamos essa articulação com o executivo e com a bancada federal do Acre”, defendeu a reitora. “A Ufac é um patrimônio do povo acreano; é um dever de todos nós lutarmos por ela.”

Uma reunião entre a reitora da Ufac, a reitora do Ifac, Rosana Cavalcante dos Santos, a bancada federal e o MEC está prevista para ocorrer em Brasília na semana que vem. Como encaminhamento da reunião de hoje, também ficou definida a participação do governo do Estado no encontro.