Notícias

Ufac firma parceria com Jardim Botânico de Nova York

publicado: 12/04/2019 14h49, última modificação: 12/04/2019 14h49
Ufac201904126.jpg

O Parque Zoobotânico (PZ) da Ufac recebeu o diretor do Instituto de Botânica Sistemática do Jardim Botânico de Nova York, Douglas Daly, e a curadora do hérbario do Instituto de Pesquisas do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Rafaela Forzza. A visita ocorreu nessa quinta-feira,11.

Na ocasião, foi feita a assinatura de um novo Acordo de Cooperação Técnica entre a instituição acreana e a americana, com vistas ao desenvolvimento de projetos educacionais e de programas de pesquisa nas áreas de botânica, conservação e manejo da flora. 

A expectativa é que as atividades do acordo funcionem em torno do levantamento, coleção, identificação, mapeamento e análises da flora do Estado do Acre, visando à atualização desses dados na região.

 

O reitor em exercício, Josimar Batista, lembrou que a colaboração servirá para fortalecimento dos cursos de graduação e, principalmente, pós-graduação, que crescem na Ufac. “Vamos permitir e facilitar o acesso aos resultados para a comunidade científica, órgãos do Estado do Acre e interessados, além de utilizá-los para guiar e orientar aproveitamento, manejo e conservação dos recursos vegetais do Estado e da região”, avaliou.

Trinta anos após a primeira visita e início dos estudos no Acre, o pesquisador Douglas Daly se disse animado com o retorno ao Estado. “Nunca foi somente a flora, sempre foi a vontade de tornar o Acre um ponto de referência para a flora do Brasil”, comentou. “Mesmo em um período em que não havia bolsas ou programas, conseguimos formar e trazer uma massa crítica para cá; tornamos o Acre um ímã.” 

Em 2009, a partir de estudos feitos em parceria com o professor da Ufac Marcos Silveira, Daly lançou o 1º Catálogo da Flora do Acre, publicação pioneira no gênero, que catalogou 4 mil espécies de plantas. “Agora, após um hiato necessário para o desenvolvimento de meus estudos em outros lugares do mundo, volto com o espírito dessa retomada, ciente do muito que já foi feito e do que ainda há para avançar. Ainda existe uma curva ascendente quando se fala em flora e descoberta de novas espécies no Acre”, contou.

Obrigações

Segundo o acordo assinado, caberá ao Jardim Botânico de Nova York, entre outras atividades, auxiliar no recrutamento e mobilização de profissionais nacionais e estrangeiros para palestras e minicursos; apoiar programas de mestrado e doutorado da Ufac, destacando profissionais para atuação direta junto a disciplinas correlatas; estimular o intercâmbio interinstitucional por meio de visitas e treinamentos de estagiários, técnicos e pesquisadores da Ufac, ligados a pesquisas botânicas; incluir recursos nos projetos para participação de professores e estudantes em encontros nacionais e internacionais para apresentação e divulgação de pesquisas científicas; e, em conjunto com a Ufac, canalizar fundos no Brasil e no exterior para apoiar programas de pesquisa e providenciar recursos bibliográficos e para publicação.

“Esse convênio é a continuação de um trabalho de 20 anos do professor Marcos Silveira. Com ele, nós poderemos retomar o estreitamento de pesquisas nas mais diversas áreas”, destacou a curadora do herbário do PZ, Almecina Balbino. “Além de pesquisas, será possível fazer intercâmbios entre professores e alunos com objetivo de trocar experiências e fortalecer as instituições.”