Notícias

Professor da Ufac lança livro sobre Micro-história e Jornalismo

publicado: 20/07/2021 10h20, última modificação: 20/07/2021 10h20
200720211.jpeg

O professor do Programa de Pós-graduação em Letras: Linguagem e Identidade (PPGLI) e do curso de Jornalismo da Ufac, Francisco Aquinei Timóteo Queirós, lançou, recentemente, o livro “Micro-história italiana e Jornalismo em O olho da rua, de Eliane Brum” (322 p., editora Insular). O livro conta com prefácio da professora Beatriz Marocco (Unisinos) e posfácio da pesquisadora, Maíra Vendrame (Unisinos). 

A obra está dividida em cinco capítulos e busca refletir sobre os sujeitos subalternos na narrativa jornalística de “O olho da rua”, coletânea de reportagens da repórter gaúcha, Eliane Brum. Queirós explica que a pesquisa dialoga com os pressupostos teórico-metodológicos da micro-história italiana ao se aproximar dos estudos de Carlo Ginzburg e Giovanni Levi.

No livro, Francisco Aquinei Timóteo Queirós pontua a necessidade de se investigar os contextos sociais, históricos e jornalísticos a partir do acesso aos estratos da cultura popular, como forma de articular um conjunto de narrativas contra-hegemônicas e de reflexão sobre a prática jornalística. 

“A prática de Eliane Brum se afasta das atividades profissionais hegemônicas, das sintaxes objetivadas e das gramáticas generalizantes do jornalismo tradicional, definindo um percurso que eu compreendo como micro-jornalístico. Brum não fica aprisionada a temas e a fontes oficiais. Seu movimento analítico é marcado pelo processo de desentranhamento dos discursos e personagens, abrindo-se para um jornalismo problematizador, em que estejam comungadas diversificadas histórias, sujeitos, costumes e realidades”, explica Queirós. 

O livro pode ser adquirido pelo site da Editora Insular.