Você está aqui: Página Inicial > Notícias da UFAC > Alunos do 5º ano do CAP fazem excursão a Rondônia
conteúdo

Notícias

Alunos do 5º ano do CAP fazem excursão a Rondônia

publicado: 07/06/2018 12h05, última modificação: 07/06/2018 12h05

Alunos do 5º ano do ensino fundamental do Colégio de Aplicação (CAP), da Universidade Federal do Acre (Ufac), participam de atividade educacional em Guajará-Mirim (RO), de quinta-feira, 7, a sábado, 9, em intercâmbio com a Escola Municipal Saul Bennesby. Ao todo, 24 estudantes viajaram acompanhados pela equipe do CAP e alguns pais.

O projeto de ensino e extensão “Estreitando Laços, Ultrapassando Fronteiras, Desvendando e Cultivando a História: Um Caminho de Descobertas — Criança Capeana Também Faz Intercâmbio” tem o objetivo de oportunizar a troca de conhecimento e de métodos educacionais e culturais.

Para a coordenadora do projeto, professora Eva Clementina, o intuito é mostrar a possibilidade de fazer intercâmbio com crianças e ensinar além da sala de aula. Em sua primeira edição, a programação conta com uma série de atividades. Ao longo do percurso serão feitas paradas para que os alunos possam conhecer os locais e fazer identificação prática das áreas geográficas, de acordo com os estudos em sala de aula. 

Estão incluídas na excursão apresentações biográficas na escola Saul Bennesby e visitas orientadas na serra. O trabalho foi organizado de forma multidisciplinar. Assim, foram feitos estudos em Língua Portuguesa, com produção de crônicas e troca de trabalhos entre os alunos das escolas participantes do intercâmbio, estudos de proteção e conservação do meio ambiente, hidrografias e aspectos da região.

A escola Saul Bennesby, parceira do projeto, faz parte da rede pública municipal de Guajará-Mirim; é localizada na periferia e apresenta bons resultados no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica.

O município rondoniense é considerado um dos que apresenta maior área verde da região, com elevado índice de preservação ambiental, o que foi critério de escolha para visitá-lo. “Eu vejo essa oportunidade como algo ímpar”, disse Eva Clementina. “É uma porta de conhecimento que se abre, possibilitando um aprendizado fora da sala de aula e da escola.”

Projeto de Intercâmbio - CAP  

(Andressa Mendes, estagiária Ascom/Ufac; acadêmica do 6º período de Comunicação Social/Jornalismo)