Notícias

Edufac lança livro escrito por alunos indígenas do campus Floresta

publicado: 23/12/2021 15h43, última modificação: 24/12/2021 07h32
Diario Pedagogico.jpg

A Editora da Ufac (Edufac) lançou, na quarta-feira, 22, no campus Floresta, o livro digital “Diário Pedagógico: Musicalidades na Escola da Minha Aldeia” (414 p.), organizado pela professora Simone de Souza Lima. A obra é um material didático construído pelos alunos do curso de licenciatura Indígena (Linguagens e Artes) durante as aulas remotas da disciplina Musicalidades 2.

O livro foi orquestrado e produzido no período de 2 a 19 de julho de 2021. O conteúdo  é formado por atividades que foram realizadas durante as aulas síncronas e assíncronas, através do Google Meet, no período do ensino remoto, em razão do isolamento da pandemia da covid-19. “De antemão, chamo a atenção para a dedicação dos acadêmicos em relação às atividades propostas no decorrer da disciplina”, disse Simone. “Trabalharam comigo de forma intensiva a leitura dos textos-base sobre musicalidades.”

De acordo com a organizadora, os discentes usaram seus smartphones, tablets ou notebooks, equipamentos adquiridos através do edital Proaes n.º 4/2021 (auxílio inclusão digital), ferramentas que lhes possibilitaram a realização das atividades apresentadas no formato de um livro digital, com a escrita dos textos sobre musicalidades, acompanhados de desenhos e planos de aula.

O prefácio do livro foi escrito pela reitora Guida Aquino, em parceria com a pró-reitora de Graduação, Ednaceli Damasceno. “Nos sentimos felizes em saber que essa ação, além de possibilitar a inclusão digital dos nossos estudantes do curso de licenciatura Indígena, possibilitou a produção desse diário de musicalidades, experiência em que são narradas situações de ensino sobre como trabalhar a paisagem sonora do lugar onde eles e seus alunos moram”, explicou a reitora.

Participam da obra: Alexandra Maria Muniz Nukini, Antônia Damiana Marques Avelino, Antônio Romilson Muniz da Conceição, Aurora da Cruz Machado, Daicitânio Domingos Oliveira, Deiliane Muniz dos Santos, Edigar da Silva Sereno, Francisca Costa do Nascimento, Ionaria Costa da Silva, Isabel Nonato Nascimento Kaxinawá, Jueânias Costa do Nascimento, Lucila da Costa Moreira, Taíres Silva de Oliveira e Valdomiro Sampaio Pinheiro Kaxinawá.