Notícias

Capes garante 25 bolsas para alunos indígenas de PPG em Letras

publicado: 07/06/2022 15h25, última modificação: 08/06/2022 07h34
070620226.jpeg

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) garantiu a liberação de 25 bolsas de mestrado e doutorado para alunos da turma indígena do programa de pós-graduação em Letras: Linguagem e Identidade (PPGLI), da Ufac. Serão 15 bolsas para alunos indígenas de mestrado e dez para alunos indígenas de doutorado.

O anúncio da liberação ocorreu após reunião entre a presidente da Capes, Cláudia Queda; a diretora de Programas e Bolsas da instituição, Zena Martins; a reitora da Ufac, Guida Aquino; e a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Margarida Carvalho, na tarde de quinta-feira, 2, em Brasília. “Estamos buscando cada vez mais garantir a educação gratuita e de qualidade para todos, sem exceções”, disse Guida. 

080620221.jpg

O PPGLI realizou o processo seletivo Políticas Afirmativas: Década Internacional das Línguas Indígenas, exclusivo para candidatos indígenas, neste mês. “Essa decisão da administração [superior da Ufac] de correr atrás e essa parceria com a Capes para bancar as bolsas são fundamentais, porque abrimos as vagas e asseguramos a permanência desse grupo de doutores e mestres indígenas”, disse o coordenador do PPGLI, Gerson Rodrigues de Albuquerque.