Notícias

Cineclube Capivara reestreia com ‘Extraordinário’

publicado: 27/06/2019 18h46, última modificação: 27/06/2019 18h46
Cinema.jpg

O projeto de extensão Cineclube Capivara, da Ufac, fez sua reestreia com o filme “Extraordinário” (EUA, 2017, 113 min; direção: Stephen Chbosky), nesta quinta-feira, 27, no anfiteatro Garibaldi Brasil, no campus-sede.

O longa-metragem foi inspirado no best-seller homônimo de Raquel Jaramillo (com o pseudônimo R.J. Palacio) e conta o drama do garoto Auggie Pullman (Jacob Tremblay), de dez anos; com uma doença que causa deformação em seu rosto, ele tenta se adaptar numa escola de ensino regular. Julia Roberts, no papel de Isabel, mãe do menino, e Owen Wilson, como Nate, o pai, são estrelas do elenco.

A responsável pelo projeto, Gisele Almeida, bolsista da Diretoria de Arte, Cultura e Integração Comunitária, da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proex), apostou no sucesso do filme para atrair o público; cerca de 50 espectadores compareceram à sessão. “Através do enredo desse filme, achamos uma forma de compartilhar com o público que os preconceitos podem ser superados”, disse Gisele. “Não podemos tomar por base o modo como as pessoas nos julgam.” 

A produtora cultural da Proex, Kamila Costa, informou que o cineclube emitirá certificados aos envolvidos, além de outras novidades. “No final de cada filme, reuniremos os participantes para discussão sobre a temática abordada”, contou. “É uma dinâmica mais qualificada, com preenchimento de relatório sobre o filme em tela.” 

Presentes na sessão, Ingrid Guedes e Vinícius Macedo, alunos da Ufac, elogiaram a iniciativa. “O filme estimula o debate; podemos conversar e refletir sobre o tema”, destacou Ingrid. “Esse é um projeto importante no ambiente universitário; conscientiza as pessoas e favorece a troca de ideias”, opinou Vinícius. 

As exibições do Cineclube Capivara são abertas às comunidades acadêmica e externa; ocorrem às quintas-feiras, às 12h30, no anfiteatro Garibaldi Brasil, até a primeira semana de dezembro neste ano.

 

(Khelven Castro, estagiário Ascom/Ufac)