Notícias

Pré-Enem #EuNaUfac tem aula inaugural no campus-sede

publicado: 12/04/2019 14h26, última modificação: 12/04/2019 14h35
Ufac201904122.jpg

O projeto de extensão #EuNaUfac, pré-Enem gratuito voltado a alunos da rede pública de ensino, realizou aula inaugural no Centro de Convenções do campus-sede da Ufac, nessa quinta-feira, 11. Este ano, além de Rio Branco, foram contemplados os municípios de Mâncio Lima, Manoel Urbano e Rodrigues Alves (onde as aulas começaram na semana passada) e Cruzeiro do Sul, Brasileia e Jordão (onde as aulas começam no fim deste mês). 

“Esse pré-Enem é um projeto consolidado na Ufac. Além do impacto social que ele carrega, há a função de interiorização da universidade, que é uma das nossas missões”, disse o pró-reitor de Extensão e Cultura, Isaac da Silva. “Este ano conseguiremos chegar ao município de Jordão, cujo acesso é mais difícil, graças à parceria com a prefeitura; isso demonstra o sucesso do nosso projeto.” 

Criado pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proex), com o nome “Tô na Ufac”, o projeto adotou nova denominação nesta sua 3ª edição. O #EuNaUfac representa, para muitos estudantes, a oportunidade de acesso ao ensino superior gratuito, seguindo o modelo tradicional dos cursos preparatórios. “A importância do pré-Enem para a comunidade externa está no índice de aprovação, que é uma prova de que o projeto é exitoso”, opinou o coordenador do projeto, Enock Pessoa. “No ano passado tivemos quase cem alunos aprovados no Ifac e na Ufac.” 

Para a estudante do Colégio Estadual Barão do Rio Branco, Bruna Silva, a expectativa é ser uma das calouras de 2020 no curso de Psicologia. “Meu objetivo é entrar na Ufac e conquistar meu tão sonhado diploma de ensino superior”, contou. “Com dedicação e ajuda do projeto eu acredito que posso chegar lá.”  

As aulas do pré-Enem são ministradas por acadêmicos de diferentes cursos da Ufac, selecionados como bolsistas pela Proex. Além de aproximar tutores e estudantes, através da linguagem utilizada, o modelo traz benefícios para os universitários.

“Percebo que me desenvolvi muito. Perdi a vergonha de falar com os alunos e isso é ótimo para mim, que faço Pedagogia e vou ter que me acostumar com isso na minha carreira profissional”, relatou uma das tutoras do projeto, Fabianni Berno. “Também estudo mais ao me preparar para ministrar as aulas; me sinto importante por fazer parte da história de muitos alunos que conseguiram a sonhada aprovação na Ufac.” 

Pré-Enem da Proex

O curso preparatório para o Enem começou em 2012, tendo como professores alunos voluntários da Ufac e funcionando em salas de aula do campus-sede. Em 2015, no gestão de Enock Pessoa como pró-reitor de Extensão e Cultura, a iniciativa foi institucionalizada como projeto de extensão.

“De início, o projeto tinha um formato diferente deste que usamos agora. A mão de obra era especializada dos municípios; os professores locais eram contratados por nós por meio de uma bolsa”, lembra o agora coordenador do projeto, Enock Pessoa. 

A partir de 2016, o pré-Enem foi readequado e passou a funcionar com seleção de alunos da Ufac para atuação como professores das disciplinas da prova do Enem. Hoje, o projeto conta com 24 tutores, sendo 16 do campus-sede e oito do campus Floresta, em Cruzeiro do Sul. “A ideia é garantir a interiorização, favorecendo que todos os municípios do Estado sejam alcançados pela extensão universitária”, disse o pró-reitor de Extensão e Cultura, Isaac da Silva. 

A procura pelo curso cresceu gradativamente. Em 2018, havia em média 600 candidatos para cem vagas. Neste ano, ocorreram 2.136 inscrições; são cem vagas disponíveis para cada um dos seis municípios participantes, totalizando 600 estudantes matriculados no #EuNaUfac. 

(Colaborou Khelven Castro, estagiário Ascom/Ufac)