Notícias

Ufac apresenta plano e estratégias para ensino remoto emergencial

publicado: 21/10/2020 17h21, última modificação: 21/10/2020 17h21
211020204.jpeg

O ensino remoto emergencial na Ufac começa nesta segunda-feira, 26, em cursos de graduação. Com o intuito de auxiliar a comunidade acadêmica no contexto da pandemia do novo coronavírus, a Ufac preparou-se com um grupo de trabalho acadêmico para elaborar um plano de contingência que expõe estratégias de ensino, pesquisa e extensão diante da situação pandêmica.

Com a publicação do “Plano de Contingência: Ufac em Tempos de Covid-19”, a universidade apresenta diagnósticos e resultados de consultas públicas sobre o ensino remoto emergencial (ERE), autorizado pelo Conselho Universitário a estudantes de graduação e pós-graduação, consistindo em aulas contadas como carga horária trabalhada, uma alternativa às atividades presenciais.

Considerando o ERE, as estratégias adotadas envolvem a comunidade acadêmica, composta por 8.939 alunos de graduação, 549 de pós-graduação (segundo dados de matrículas do primeiro semestre de 2020), 709 professores e 719 técnico-administrativos. O “Plano de Contingência” apresenta, entre outras coisas, relatório técnico da Pró-Reitoria de Graduação sobre condições de acesso digital, trabalho remoto e saúde de docentes.

Aborda consulta pública à comunidade estudantil sobre o uso de tecnologias educacionais, com resultados e diagnósticos a cargo da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes), que também verificou a condição socioeconômica de alunos de graduação para subsidiar auxílio financeiro de inclusão digital. Também detalha consulta pública à comunidade docente do Colégio de Aplicação da Ufac sobre uso de tecnologias educacionais a distância.

O preparo da Ufac para volta às aulas por meio do ERE inclui, ainda, readequação de serviços administrativos e modalidades de atendimento ao público; criação, pelo Núcleo de Tecnologia da Informação, do site Espaço de Apoio Acadêmico: Ferramentas e Tutoriais para Apoio às Atividades Acadêmicas no Período da Pandemia. O objetivo do espaço on-line é orientar professores e estudantes sobre o uso de ferramentas de tecnologias da informação e comunicação em atividades remotas de ensino e aprendizagem.

Além disso, visando contribuir com dicas de adaptações pedagógicas para estudantes da educação especial, o Núcleo de Apoio à Inclusão, com apoio da Proaes, disponibiliza o “Guia de Orientação: Acessibilidade no Ensino Remoto-2020”, hospedado no Espaço de Apoio Acadêmico.

Confira o calendário acadêmico especial-2020