Notícias

Ufac assina protocolo de apoio à pós-graduação na Amazônia Legal

publicado: 11/02/2020 10h46, última modificação: 11/02/2020 10h46
110220204.jpg

A reitora da Ufac, Guida Aquino, e a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Margarida Lima, participaram de reunião na sede da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), em Brasília, nessa segunda-feira, 10. O objetivo da visita foi a assinatura do protocolo de intenções de apoio ao programa Amazônia Legal, da Capes.

Inicialmente, a ideia é investir R$ 80 milhões para os próximos cinco anos em programas de pós-graduação de institutos e universidades dos Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. As propostas serão apresentadas pelas instituições até o fim de maio e os recursos liberados na primeira quinzena de julho. 

O objetivo da Capes com o programa é reduzir assimetrias regionais, ampliar e fortalecer pesquisa e pós-graduação, direcionando ações para formação de recursos humanos altamente qualificados para conceber e implementar programas de desenvolvimento sustentável em cada Estado.

As áreas de pesquisa prioritárias do Amazônia Legal são biotecnologia, biodiversidade, conservação e recuperação ambiental, saúde pública, doenças tropicais e tecnologias para o trabalho em saúde, engenharias, tecnologia de informação e comunicação, clima, energia e recursos hídricos, produção animal e vegetal sustentável, formação de professores, diversidade sociocultural, sustentabilidade e atividades socioeconômicas. 

A reunião contou com a equipe da Capes, a presença de reitores e pró-reitores de Pesquisa e Pós-Graduação da região Norte e do diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Acre, Antônio Aurisergio, que também deverá assinar o protocolo de intenções.