Notícias

Docentes da Ufac organizam obra sobre jornalismo, raça e gênero

publicado: 08/02/2021 12h55, última modificação: 08/02/2021 12h55
080220214.jpg

Os professores do curso de Jornalismo da Ufac, Francielle Modesto, Aquinei Timóteo e Wagner Costa, são organizadores do e-book “Pesquisa em Comunicação: Jornalismo, Raça e Gênero” (Nepan, 163 p.). A obra, disponível para download gratuito, dialoga com discussões desenvolvidas nos grupos de pesquisa Mídias, Imaginário e Representação: Uma Cartografia das Amazônias (Mirca), Narrativa, Literatura e Jornalismo (Nalijor) e Comunicação, Cultura e Representação.

O livro digital foi organizado em parceria com pesquisadores brasileiros e do exterior e conta com dez capítulos, articulando raça e gênero no cinema, na telenovela, no jornalismo impresso, no telejornalismo, no colunismo social e no funk.

Francielle Modesto explica que as discussões propostas pelo livro encontram ressonância no contexto social brasileiro. “Somos uma sociedade marcadamente preconceituosa, homofóbica e racista. É preciso ampliar o debate público, discutir com seriedade os atravessamentos sociais, culturais e políticos que constituem as epistemologias referentes a classe, raça e gênero em nosso país. Acreditamos que a obra possibilita circulação, reflexão e construção de novas pontes de saberes.”

O livro conta com prefácio da professora Fernanda Salvo (Ufac) e capítulos dos pesquisadores Christian Gonzatti, Maria Clara Aquino e Marcia Veiga, da Unisinos; Aquinei Timóteo, Wagner Costa, Jaíne Araújo e Francielle Modesto, da Ufac; Diana de Azeredo (UFSC); Fabiana Moraes (UFPE); Marcello Messina (UFPB); Stefania Capogreco (Macquarie University); Pâmela Ferreira (Uninorte/Ufac); e Guilherme Moreira (UFRB).